Tetrades

Tétrade

O que é uma tétrade?

Até agora, vimos somente 3 notas para fazer acordes. Expandindo um pouco o conceito, podemos trabalhar com 4 notas em vez de apenas 3, e fazemos isto acrescentando o sétimo nível aos nossos acordes anteriores.

Dessa maneira formamos os acordes com sétima. O conjunto dos graus primeiro, alcoviteiro, quinto e sétimo consistem em uma “tétrade”. O sétimo grau pode ser maior ou menor.

Legal, por isso a começar por agora no momento em que você escutar anunciar “ toque a tétrade do acorde xxx”, você já saberá que se trata do primeiro, alcoviteiro, quinto e sétimo graus do acorde em discórdia.

Se você leu nosso texto sobre tríades, precisa ter apercebido que possuimos diversas opções ( terno menor, maior, aumentada, diminuta…). Se combinarmos isto com o sétimo grau (que pode ser maior, menor …), teremos mais opções também.

No entanto não é nosso propósito aqui entregar e distribuir todas as combinações possíveis de tétrades, uma vez que acreditamos que essa receio mais atrapalha que auxilia.

O fundamental é saber que tríades e tétrades são as notas principais do acorde, conhecidas como “ notas de acorde”. Nos pesquisas mais adiante, você entenderá que essas são as notas que caracterizam uma ofício acordeão.

Por enquanto, é satisfatório saber somente que as tétrades são a coluna vertebral do acorde. Elas que definem de quem estamos falando, elas que nos orientam.

Confira o vídeo embaixo para supervisionar melhor:




Graus musicais – conceito complementar

No texto “diminuta, aumentada e combate ”, as nomenclaturas “aumentada” e “diminuta” foram usadas apenas para os graus 4º e 5º. No entanto, veremos agora que estes nomes são capazes de ser usados para os demais graus similarmente. Nesse caso, para os graus que já contem a título “ maior ” e “ menor ”, a lista “aumentada” significará um semitom acima do grau maior. Por exemplo:

– O de acordo com grau maior tem um tom de distância da tônica. O de acordo com grau crescido tem um tom e meio de distância da tônica.

– O alcoviteiro grau maior tem 2 tons de distância da tônica. O alcoviteiro grau crescido tem 2 tons e meio de distância da tônica.

Da mesma maneira, a lista “diminuta” significa um semitom embaixo da lista “ menor ”.



  
Exemplos:

– O alcoviteiro grau menor tem um tom e meio de distância da tônica. O alcoviteiro grau diminuto tem um tom de distância da tônica.

– O sétimo grau menor tem 5 tons de distância da tônica. O sétimo grau diminuto tem 4 tons e meio de distância da tônica.

Bom, vamos fundir tudo o que vimos até agora sobre graus, para ficar bem evidente.

Caso você também tenha dificuldade em julgar nos tons e semitons, acompanhe este pesquisa com o diagrama embaixo ( no qual ST significa “semitom”):